jump to navigation

Crimes nas escolas aumentaram 15% no ano lectivo 2005/06. 9 Dezembro 2006

Posted by pedrombranco in Violência na escola.
trackback

Mais 44% de posse e consumo de droga
Mais 40% de roubos
Mais 40% de uso e porte de arma
Mais 30% de actos de vandalismo
Mais 24% de agressões sexuais
Mais 14% de ofensas sexuais

 

O Expresso divulga as áreas escolares mais violentas. Num estudo enviado para o MAI, a PSP revela números terríveis sobre o último ano lectivo.

 

http://semanal.expresso.clix.pt/capa/default.asp

Comentários»

1. anagrancho - 9 Dezembro 2006

Provavelmente o Ministério da Educação vai continuar a insistir que são simples casos isolados. Veja-se, a esse propósito, o comentário do Prof. João Sebastião publicado no mesmo jornal.
Enquanto não houver um reconhecimento público e político da situação as nossas escolas, a mediação escolar terá um caminho bem mais espinhoso a percorrer.

2. pedrombranco - 11 Dezembro 2006

Sem dúvida.
O Ministério nem reage. Para quê?

O que interessa é que os alunos estejam na escola o dia todo. A fazer o quê, para o ME é irrelevante.

3. LMML - 12 Dezembro 2006

E eu trabalho numa das tais escolas referidas no artigo. Uma coisa vos digo… apesar de não ser ‘osso fácil de roer’… são mais as nozes que as vozes [no que se refere a ‘minha’ escola em concreto, entenda-se]

4. LMML - 12 Dezembro 2006

correcção: mais as vozes que as nozes… CLARO!

5. Rafaela - 2 Julho 2008

gostaria muito de receber muita noticias sobre os crimes recente nas escolas pois estou fazendo uma pesquisa , sobre crimes que rodam as escolas do brasil e do mundo.
muito obrigada

6. Elsa Videira Cunha - 2 Abril 2009

Rafaela,

Se estiver a pesquisar sobre a cobertura jornalística da violência na escola e os crimes violentos um pouco pelo mundo (EUA, Alemanha, França, etc.) pode pesquisar na net, consulte também o site do Observatório Internacional da Violência na escola e o autor Eric Debarbieux que tem muito escrito sobre o assunto. É talvez um dos mais corajosos no assunto e com destaque nos media.
Eu defendi tese de doutoramento na Universidade Nova, em Portugal, em Outubro de 2008, sobre Jornalismo e Violência: a cobertura jornalística da violência na escola na imprensa portuguesa (1998-2002). Neste período destacam-se os casos de Columbine em 1999, nos EUA, e o de Gutenberb, na Alemanha, em 2002. São assassinatos em massa seguidos do suicídio dos autores que programaram estrategicamente os seus actos, fazendo uso de armas de fogo em cujo telemóvel e internet desempenham papel importante.

Desejo-lhe boas pesquisas. Se precisar entre em contacto comigo pois poderei enviar-lhe mais dados.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: