jump to navigation

VI Congresso do World Mediation Forum 27 Março 2007

Posted by José Paulo Santos in mediação.
6 comments

Webpage - VI Congresso do World Mediation Forum

Vai realizar-se, de 9 a 11 de Outubro deste ano, em Jerusalém, a VI conferência do World Mediation Forum, subordinada ao tema “The multicultural spectrum of mediation”.

Obtenha mais informações, consultando a página da internet sobre a conferência aqui .

Entrega de diplomas 25 Março 2007

Posted by anagrancho in mediação.
add a comment

Olá a todos!

Que pena que não nos tenhamos encontrado, hoje, na entrega dos nossos diplomas, que tanto trabalho deram a conquistar!!!

Presumo que não estejam todos a fazer mediações pelas calmas escolas lusitanas! Afinal, segundo o Secretário de Estado, Valter Lemos, a violência nas escolas facilmente se dilui num universo de 150.000 professores!

Fico a aguardar um próximo encontro.

Sobre o Dia Escolar da Paz e Não-violência… 19 Março 2007

Posted by elisabete in mediação.
8 comments

 

Olá a todos.

Finalmente, estou entre vós.

Sobre o Dia Escolar da Paz e Não-violência apraz-me informar que em Portugal verifica-se uma maior aposta na discussão destes temas. Ora vejamos:

 

Como devem ter acompanhado pelos media, no dia 6 de Março de 2007, realizou-se uma audição sobre “segurança nas escolas”, organizada pela comissão parlamentar da educação e cultura. A Universidade Lusófona do Porto teve oportunidade de estar presente e aproveitou para expor a importância da implementação da mediação de conflitos em contexto escolar. O resultado dessa intervenção foi positivo, na medida em que as intervenções oficiais que se sucederam incluíram a mediação como uma das áreas a desenvolver nas estratégias de intervenção. Vamos lá ver o que acontece?

 

Pelo que tenho percebido a mediação de que se fala nos meios institucionais da educação está mais ligada a uma lógica lato sensu (lembram-se da esfera da mediação!). Isso está totalmente correcto, dado que qualquer intervenção na escola exige uma abordagem sistémica…

 

Mas, seria excelente se tais projectos incluíssem programas de mediação de conflitos, dado que o combate ao insucesso e abandono escolar passa necessariamente por criar um melhor relacionamento interpessoal e uma gestão positiva dos conflitos.

 

O modelo de mediação escola-família será mais bem sucedido se for completado com a mediação de conflitos, que vise melhorar a convivência no interior da escola entre os vários actores da comunidades escolar e permita aos alunos desenvolverem (eles próprios) competências socais e relacionais.

 

Abro assim esta questão a debate. Gostava de saber a vossa opinião!

Elisabete Pinto da Costa

Elisabete Pinto da Costa 19 Março 2007

Posted by elisabete in mediação, Quem somos.
6 comments

Elisabete Pinto da Costa

Licenciada em Estudos Europeus e Mestre em Estudos Europeus, vertente jurídico-política.

Curso de Meios de Resolução Alternativa de Conflitos certificado pelo Instituto Nacional de Estatística e Ministério da Reforma do Estado e Administração Pública. Curso de Mediação de Conflitos certificado pelo Instituto de Mediação e Arbitragem do Brasil e Ministério da Reforma do Estado e Administração Pública.

Docente da Universidade Lusófona do Porto (ULP).

Mediadora de Conflitos. Formadora em diversas acções e cursos de Mediação de Conflitos e mediação escolar. Coordenadora do Curso de Especialização em Mediação de Conflitos em Contexto Escolar na ULP. Orientadora de estágios em Mediação de Conflitos. Coordenadora do serviço de Mediação de Conflitos do Julgados de Paz de Tarouca. Presidente do Conselho Ética e Deontologia da Associação de Mediadores de Conflitos. Responsável pela área da Mediação de conflitos e Escolar na Linha SOS-PROFESSOR.

ENTREGA DE DIPLOMAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MEDIAÇÃO DE CONFLITOS EM CONTEXTO ESCOLAR 19 Março 2007

Posted by José Paulo Santos in Comunicação, Educação, escola, mediação, Pedagogia.
4 comments

No dia 24 de Março de 2007, a Universidade Lusófona do Porto realiza a cerimónia de entrega dos Diplomas do 1º Curso de Mediação de Conflitos em Contexto Escolar.

A ULP torna-se assim pioneira na formação de mediadores escolares em Portugal e através da Equipa do Curso continuará a desenvolver o seu projecto de mediação de conflitos em contexto escolar, agrupado em três níveis:

1. Formação;

2. Parcerias:

a. acções de informação e acções de formação;

b. planeamento, orientação e supervisão de programas de mediação em contexto escolar;

3- Apresentação de projectos de mediação escolar e trabalhos científicos num seminário a realizar em 2008, para o qual contamos com os trabalhos apresentados e projectos implementados com apoio/coordenação da ULP.