jump to navigation

Eventos

Aqui, poderá tomar conhecimento sobre eventos, seminários, conferências nacionais e internacionais, no âmbito da Mediação na Escola.

********************************************

Webpage - VI Congresso do World Mediation Forum

Vai realizar-se, de 9 a 11 de Outubro deste ano, em Jerusalém, a VI conferência do World Mediation Forum, subordinada ao tema “The multicultural spectrum of mediation”.

Obtenha mais informações, consultando a página da internet sobre a conferência em aqui .

********************************************

AUDIÇÃO PARLAMENTAR SOBRE “A SEGURANÇA NAS ESCOLAS”

A Universidade Lusófona do Porto, parceira da ANP, na Linha SOS-Professor, esteve presente na audição parlamentar dedicada ao tema ”A Segurança nas Escolas”, realizada no dia 6 de Março de 2007, na qual co-apresentou o relatório da Linha SOSProfessor (disponível em www.anprofessores.pt) e teve oportunidade de aí intervir para explicar a importância da mediação de conflitos em contexto escolar, como estratégia de intervenção que visa prevenir a violência escolar pela promoção de um ambiente de uma sã convivência.

Da leitura de vários estudos feitos por vários investigadores e do Relatório da Linha SOS, torna-se cada vez mais importante envolvermos pais, professores, alunos, pessoal não docente na “vida” da escola, criando, por um lado, laços de comunicação interpessoal positivos e funcionais e, por outro lado, formar os alunos para serem mais responsáveis e cooperativos, desenvolvendo competências sociais e de gestão de conflitos. A aposta na “mediação em contexto escolar” tem por isso toda a pertinência na criação da “escola do futuro”.

********************************************

A Mediação Espanha – Extremadura

 

Manifiesto en el Día escolar de la Paz y la no Violencia

30 de enero. Día escolar de la paz y la no violencia
Los sindicatos CSI-CSIF, CCOO, FETE-UGT y ANPE acuerdan el siguiente Manifiesto

Hoy, 30 de enero, día escolar de la Paz y la no violencia es una excelente oportunidad para incidir en la necesidad de que los centros educativos sean espacios de paz y para fomentar valores como el respeto, la tolerancia, la solidaridad, la amistad, el compañerismo, etc. La progresiva devaluación de la educación como un valor imprescindible para la mejora personal, el escaso reconocimiento de la labor docente, la falta de asunción, en muchos casos, de la responsabilidad educativa de la familia, unido al consumismo compulsivo que lleva a los adolescentes a abandonar el sistema educativo para ganar dinero de forma rápida, son algunos de los factores que inciden directamente en la convivencia en los centros educativos tanto públicos como privados.

Hay que hacer un llamamiento a la función social y educadora que deben tener los medios de comunicación y que en ocasiones, movidos por los índices de audiencia, no la llevan a cabo. Las escenas violentas, los reality shows, la obtención fácil de la fama y el dinero o la venta de la opulencia y el poder en horarios inadecuados, producen efectos muy negativos en la educación de la infancia y la juventud.

Todas estas situaciones se traducen en la sociedad, de forma cada vez más preocupante, en actitudes violentas que adquieren una mayor gravedad cuando se producen en los centros educativos, lugar donde especialmente se debe cultivar la educación en valores.
Para prevenir los problemas de convivencia en los centros, los profesionales de la enseñanza siempre hemos considerado esencial la dignificación y el reconocimiento de la labor docente, la dotación suficiente de recursos materiales y humanos y la mayor implicación de las Administraciones.
Es en este sentido por lo que los sindicatos CC.OO, CSI-CSIF, FETE-UGT Y ANPE, firmamos el documento “Compromiso Social por la Convivencia”, el 7 de noviembre con la Administración educativa dentro del Acuerdo del 31 de marzo para la Mejora de la Calidad de la educación en el siglo XXI.

Dentro de este compromiso se están poniendo marcha una serie de medidas que deben contribuir a mejorar la educación para la convivencia, la paz y la resolución pacífica de los conflictos:

Consideramos que todos y cada uno de estos mecanismos, contribuirán a la mejora de la convivencia en nuestros centros educativos, ya que, a pesar de que en este tema no hay fórmulas mágicas, muchos de los puntos ofrecerán soluciones a problemas concretos que se den en el quehacer diario.

La mejora de la convivencia escolar empieza porque todos y cada uno de los sectores implicados asumamos nuestra responsabilidad y trabajemos en la misma dirección, con el claro objetivo de mejorar la convivencia. Las familias, el profesorado y las instituciones con proyección social en el ámbito de la infancia y la adolescencia tienen el deber de coordinarse y trabajar en común en torno al objetivo de la educación.
Por todo lo anterior expuesto exigimos la puesta en marcha urgente de todos los instrumentos recogidos en el acuerdo.

Mérida 30 de enero de 2007.

CSI-CSIF, CCOO, FETE-UGT, ANPE

in Extremadura al día

Artigo no contexto

************************************************

Resumo do calendário das próximas actividades:


a) 6 de Dezembro, 18.30h – reunião de acompanhamento dos trabalhos

b) 16 de Dezembro, das 10h às 17h – Workshop de simulações de mediação de conflitos

c) 30 de Janeiro – entrega dos trabalhos


************************************************

1º Workshop de simulações de mediação de conflitos em contexto escolar, a realizar no dia 16 de Dezembro, Sábado, das 10h às 17h, na Universidade Lusófona do Porto. Pretende-se trabalhar os conhecimentos adquiridos durante a formação e completar a dinâmica das aulas. A Dra. Susana Robalo poderá estar presente para, nesse dia, partilhar a sua experiência na implementação de um projecto de mediação escolar em Portugal (a confirmar).

 

************************************************

Reunião de acompanhamento dos trabalhos, a realizar no dia 6 de Dezembro, pelas 18.30 horas, na Universidade Lusófona do Porto. Pretende-se dar orientação e auxiliar no desenvolvimento da estrutura do projecto proposto no curso.

\n

\n

Relembro \nentão o calendário das próximas actividades:

\n

a) \naté \nao dia 6 de dezembro – entrega do último relatório (até agora só recebi \nrelatórios de Alexandra Rocha, Ana Paula Grancho, Ana Queiróz, Luís Diego, \nSandar Silva. Sei que tem havido dificuldades no envio para o meu mail do Clix, \npelo que vos indico outro endereço: elisabete.pinto.costa@gmail.com \n)

\n

b) \n6 \nde Dezembro, 18.30 – reunião de acompanhamento dos trabalhos \n

\n

c) \n18 \nde Dezembro, das 10h às 17h – Workshop de simulações de mediação de \nconflitos

\n

d) \n20 \nde Dezembro – entrega dos trabalhos

\n

e) \n18 \nde Janeiro, 18.30 – feedback da avaliação dos trabalhos (conclusão do curso e a \npartir de então obtenção do certificado de especialização em mediação de \nconflitos em contexto escolar)

\n

“,1] ); //–>

 

************************************************

 

::Seminário No 24 de Novembro, pelas 17.30 horas, no âmbito do encerramento do Curso de Mediação de Conflitos em Contexto Escolar da Universidade Lusófona do Porto, vai realizar-se o Seminário “Experiências de Mediação Escolar no Contexto Europeu”.

Consulte programa anexo

************************************************

Comentários»

1. paularocha - 25 Novembro 2006

Caros colegas, vamos lá comentar o seminário???

2. José Paulo Santos - 25 Novembro 2006

É curioso… hoje, no Seminário, porque muitos dos colegas estiveram ausentes, houve uma frase do Eng. Fernando Rosinha, proferida no último dia da formação, que me assaltou: “já estou com saudades de vós!”.

3. paularocha - 25 Novembro 2006

“A mediação não é uma técnica ..é um marco educativo” Juan Carlos Torrego – Seminário “Experiências de Mediação Escolar no Contexto Europeu”

4. Luis Diego - 3 Dezembro 2006

Como não pude estar no Seminário, aqui fica o meu comentário ao comentário 3 : julgo que sem rejeitar o facto de que a mediação é uma técnica JC Torrego quer dizer que é muito mais do que “apenas” uma técnica, antes uma foram de ver, ser e estar no processo/comunidade educativa. Efectivamente, antes ainda de ser utilizada como ferramenta, a Mediação deve “contaminar” a escola no seu todo – alunos, pais, professores, auxiliares educativos – e a comunidade escolar mais alargada – outras escolas, juntas de freguesia, centros sociais, paroquias, …
Passo a passo, sem pressas, a cultura da mediação/paz vai ganhando terreno ao método adversarial e competitivo promovendo uma convivialidade menos litigiosa e mais cooperativa.
Abraço a todos e em particular ao obreiro deste espaço de troca de ideias. Naturalmente, também eu já tenho saudades de vós. Até dia 6 pf

5. cristinabelard - 4 Dezembro 2006

Como também não estive no Seminário,começo por concordar com o comentário ao comentário 3 feito pelo Luís.Penso que só sendo mais do que uma técnica pode “tocar”e “contaminar” toda a comunidade educativa.
Parabéns José Paulo! És um óptimo professor!Graças às tuas indicações consegui chegar até aqui!
Até dia 6!
Toda a amizade para todos vós.

6. José Paulo Santos - 5 Dezembro 2006

Cara amiga Cristina,
poderei ter dado indicações, mas foste TU que conseguiste, fazendo a parte mais difícil. Parabéns a ti, pois és uma boa formanda!!!

7. paularocha - 5 Dezembro 2006

Mais uma dica saída do seminário:
“A pirâmide da violência tem 3 vértices: “A Reconciliação, a Resolução e a Reparação”.
Será que podemos falar de uma reparação total?

8. ilda ferraz - 17 Janeiro 2007

aproveito aqui para dar conta da realização de um seminário internacional sobre mediação de conflitos (24 e 25 de Janeiro de 2007, em Aveiro). Se vos interessar consultem o site da Associação fórum-mediação (www.forum-mediacao.net).

9. ildaferraz - 28 Janeiro 2007

Gostaria que partilhassem impressões e informação sobre a tarde de 27 de Janeiro, na Lúsofóna. Como não pude estar seria uma forma interessante de trocarmos contributos e fomentarmos alguma “discussão”! Aguardo notícias

10. Manifesto do Dia Escolar da Paz e da Não-Violência « mediadores na escola - 8 Fevereiro 2007

[…] Eventos […]

11. Elisabete Pinto da Costa - 19 Março 2007

Olá a todos.

Finalmente, estou entre vós.

Sobre o dia escolar da paz e não violência apraz-me informar que em Portugal verifica-se uma maior aposta na discussão destes temas. Ora vejamos:

Como devem ter acompanhado pelos media, no dia 6 de Março de 2007, realizou-se uma audição sobre “segurança nas escolas”, organizada pela comissão parlamentar da educação e cultura. A Universidade Lusófona do Porto teve oportunidade de estar presente e aproveitou para expor a importância da implementação da mediação de conflitos em contexto escolar. O resultado dessa intervenção foi positivo, na medida em que as intervenções oficiais que se sucederam incluíram a mediação como uma das áreas a desenvolver nas estratégias de intervenção. Vamos lá ver o que acontece?

Pelo que tenho percebido a mediação de que se fala nos meios institucionais da educação está mais ligada a uma lógica lacto senso (lembram-se da esfera da mediação!). Isso está totalmente correcto, dado que qualquer intervenção na escola exige uma abordagem sistémica…

Mas, seria excelente se tais projectos incluíssem programas de mediação de conflitos, dado que o combate ao insucesso e abandono escolar passa necessariamente por criar um melhor relacionamento interpessoal e uma gestão positiva dos conflitos.

O modelo de mediação escola-família será mais bem sucedido se for completado com a mediação de conflitos, que vise melhorar a convivência no interior da escola entre os vários actores da comunidades escolar e permita aos alunos desenvolverem (eles próprios) competências socais e relacionais.

Abro assim esta questão a debate. Gostava de saber a vossa opinião!

Elisabete Pinto da Costa

12. extreme - 6 Janeiro 2009

They were swollen and around extreme porn pics and around the show was.

13. lejylbe - 29 Abril 2009

You to the breakfast buffetsand japanese spanking feasted. The last night, he savored everyinch of her.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: